Livros > Resenhas

Hopper | Le catalogue de L'Exposition

A obra dele é conhecida. Seu nome é referência. Edward Hopper, artista plástico americano que chamou a atenção por suas pinturas que representavam as relações humanas através de seus silêncios. Cenas que nos remetem a pensar na solidão urbana, os diálogos inexistentes entre personagens que habitam um mesmo espaço, um mesmo "cômodo", mas não se enxergam. Seu foco era a vida pessoal, momentos da vida moderna americana.

Possuidor de uma imaginação realista sua obra tem as influências de Fred e Bergson, que buscavam a compreensão subjetiva do homem em um cenário onde a paisagem urbana e melancólica sempre foi iluminada por uma luz fria, estranha, onde impera o vazio e o silêncio perturbador. No entanto, suas telas recebem um tratamento suave arrancando um forte impacto psicológico.

Esse livro mostra a iconografia deste artista maravilhoso. São 128 imagens que mostram as diferentes facetas desse artista que nos apresenta os detalhes de vidas, instantes repletos de solidão, pensamentos à deriva, relações caladas e tantas outras histórias que podemos ser, agora, virando as páginas dessa bela obra.

Todos certamente devem possuir seu "Hopper" favorito. Um livro catálogo com todas as fases do artista.


Data: 08 agosto 2016 (Atualizado: 08 de agosto de 2016) | Tags: Arte


< David Hockney: A Bigger Picture Luz líquida >
Hopper | Le catalogue de L'Exposition
autor: Edward Hopper
editora: Reunion Des Musées Nationaux
tradutor: em francês
gênero: Arte;

compartilhe

     

você também pode gostar

Resenhas

Piranesi

Resenhas

A noite do meu bem

Resenhas

Gustav Klimt: the complete Paintings