Livros > Resenhas

Antes de dormir

O primeiro romance de S.J.Watson é um desses romances que não são recomendáveis para a leitura em aeroporto. Por quê? Com certeza, você vai perder o seu vôo, e vai culpar o autor, querer processar a editora e até a mim pela indicação! O livro é simplesmente alucinante sob todas as formas. Não é possível largar.

Sobre o autor gostaria de dar breves pinceladas, mas a história é mais importante, e no final da resenha prometo falar desse escritor iniciante. Apenas digo que é o primeiro romance dele e os direitos desse livro já foram comprados pelo cineasta Ridley Scott.



Imaginem a seguinte cena: você, uma mulher, acordando numa manhã, num quarto estranho e ao lado de um estranho. Você olha e repara que ao seu lado um homem que nunca viu usa uma aliança de casamento. Você se pergunta em pleno desespero - o óbvio - o que eu estou fazendo aqui? O que fiz para estar nesse lugar? E se a esposa desse homem ao seu lado aparecer a qualquer momento? Suas opções tornam-se claras vivendo tal desespero você pensa em escapar antes que o pior aconteça. Envergonhada e nua, você anda coberta por um roupão, anda pelo corredor até o banheiro, você não se lembra de como foi parar ali, até que você se olha no espelho. Quando você se defronta com o seu próprio reflexo, se reconhece vinte anos mais velha do que você imaginava ter. Terror. Uma imensa confusão gira em torno do seu próprio eixo, até que você percebe que não sabe mais quem é.

Não, o problema não é só esse, pois muito mais coisas estão em jogo. Pois bem, vamos a outra cena: agora, vocês está em uma sinuca de bico, pois você não se reconhece, não sabe quem é, até que aquele sujeito que estava ao seu lado nu com uma aliança no dedo com um tom familiarmente reconfortante, cujo nome é Ben, diz que é o seu marido. Marido? Sim! Todos os dias seu marido começa o dia mostrando algumas fotos de vida juntos. Embora as fotos de casamento não existam, você “aceita” o que aquele cara nu que acordou ao seu lado diz a você todos os dias para que possa se lembrar de tudo e mais alguma coisa. Ao longo do dia flashes de lembranças do que você fez aparecem, apenas durante um dia inteiro, até a hora em que você vai dormir. E quando você acorda de manhã, tudo volta a ser um esquecimento e todos os sentimentos desconfortantes retornam. Está dando para entender a história na qual você pode se meter se comprar e começar a ler este livro?

Agora esqueça esse pesadelo e vamos aos personagens do livro. Cristine acorda todas as manhãs em uma cama com um homem desconhecido. Mas quando acorda, seu marido chamado Ben explica para ela que ele é Ben, seu marido. Ela tem quarenta e sete anos de idade, e depois de um terrível acidente, duas décadas antes, sua capacidade de formar novas memórias foi aniquilada.

Mas a partir do encontro com um certo Doutor Nash, um neurologista que tem interesse no caso de Chrissie, ela lentamente começa a juntar os cacos de sua vida, escrevendo um diário secreto, todos os dias, para conseguir dar sentido a sua memória. Porém, as peças não se encaixam corretamente e, em breve, ela não saberá em quem confiar. Christine move-se em três direções: lágrimas pela manhã com a estranheza que sente por seu marido Ben; escreve seu diário, enquanto seu marido está fora; e freqüenta as sessões com o Doutor Nash, onde a partir de conversas obtém flashes de algumas cenas de sua vida. Ela só pode ler e escrever esse diário quando seu médico liga para ela e diz para que escreva, já que ela não consegue se lembrar que há um diário, nem onde ela o mantém, escondido de seu marido Ben. Como ela relê o diário todos os dias, ela começa a aprender muito sobre si mesma, sim, todos os dias tudo de novo. Ela aprende sobre sua vida como era e como passou a ser. Isso ajuda e ela começa a ter uma série de flashbacks. Más recordações. E é exatamente aí onde o suspense começa a ser construído.

O momento mais apreensivo do romance é quando ela escreve na capa interna, a seguinte frase: “Não confie em Ben”. Por que não? Não há nada escrito que responda a essa pergunta. Christine se torna obcecada pela leitura desse diário, que matem escondido de seu marido.

“Antes de dormir” é um thriller daqueles em que virar uma página dura muito pouco. O escritor S.J.Watson chama o leitor para manter a respiração suspensa da primeira página à última e por outro lado o leitor com seu senso de urgência quer chegar à verdade da vida de Christine Lucas, o que é real e o que não é real. O escritor nos faz compadecer por Christine e ficarmos atentos como se pudéssemos “cuidar” dela. O diário torna-se a sua memória. Mas algumas perguntas ficarão no ar: essas memórias são precisas? Quem está falando a verdade Doutor Nash ou Ben, seu “marido”? Que incidente foi esse que a fez ficar assim? Seu marido Ben diz que foi um atropelamento, que o motorista fugiu. Ele parece sincero, mas Christine não confia nesta versão. À medida que suas memórias ficam mais claras, uma misteriosa ruiva não para de pipocar em sua mente e em várias configurações. Quem será essa ruiva? Eram meras invenções de sua memória insalubre, ou eram memórias reais de uma amiga querida. Nesta escuridão terrível esperamos e rezamos para que uma luz no fim desse túnel apareça, algo que a faça restaurar a paz e a clareza que lhe foi roubada há vinte anos atrás. Precisamos saber se a vida dela sempre terá de recomeçar, se sua doença vai preponderar, mantendo-a no escuro para sempre, ou ela sairá do breu...

Eu não quero dar qualquer informação adicional sobre este livro além do que já escrevi até agora. Não pretendo estragar a experiência de dessa leitura. Posso dizer, no entanto, que este é um livro que deve ser lido. E deve ir para sua estante!

SJ Watson hoje vive em Londres. Ele trabalhou no Serviço Nacional de Saúde por muitos anos. Em 2009, Watson foi aceito na Academia Faber Novel Writing; um curso, um programa rigoroso e seletivo que abrange todos os aspectos do processo de escrita romanesca. “Antes de dormir” é o resultado desse curso.


Data: 08 agosto 2016 (Atualizado: 08 de agosto de 2016) | Tags: Romance


< Casados com Paris Anna Kariênina >
Antes de dormir
autor: S. J. Watson
editora: Record
tradutor: Carol Mesquita

compartilhe

     

você também pode gostar

Resenhas

De Gados e Homens

Resenhas

O Sofá Laranja

Vídeos

O Tango da Velha Guarda